Menu Lateral
 
Lagoa Dourada, 26 de Maio de 2017 :: 45 visitantes online.

Prefeitura realiza VI Semana de Educação de Lagoa Dourada

Publicado em 11/02/2016 00:00:00


 

Palestras, debates, troca de experiências e muita reflexão sobre “Educação” marcaram a VI Semana da Educação de Lagoa Dourada. Entre os dias 27 e 29 de janeiro, professores, auxiliares de serviço escolar, bibliotecários, inspetores e motoristas do município participaram de palestras ministradas por oito profissionais renomados e de destaque no cenário educacional do país.  Com temas variados e pensados conforme a realidade educacional de Lagoa Dourada, a conferência contou com grande público e foi realizada no Auditório Paulo Freire e na Escola Angelina Medrado. A Semana de Educação faz parte da política de Formação Continuada que vem sendo desenvolvida no município na busca constante de qualidade de ensino.

Durante os três dias foram realizadas 16 palestras. Entre as pautas voltadas para os educadores, a dificuldade de aprendizagem e os desafios do professor foi um dos temas tratados por Sílvia Colello na palestra “A construção do fracasso escolar: os mecanismos do não aprender e os desafios do professor”. Para ela, as dificuldades no ambiente de educação são amplas e estão relacionadas à tradição escolar brasileira que dificulta a renovação da escola: “Os problemas de aprendizagem são vistos caso a caso, mas ocorre que a problemática da educação e do desempenho dos alunos nas escolas brasileiras é muito maior. Muitas vezes o modo como a escola trabalha, as relações escolar, a concepção de como ensinar, a dificuldade dos professores de se colocar no lugar dos alunos,  a gestão do tempo de aula e a metodologia são aspectos que não funcionam como deveriam funcionar”.  

Mas mais do que apresentar os problemas, durante o evento a palestranda buscou discutir soluções: “A minha conversa com os professores de Lagoa Dourada hoje é no sentido de superar aquela perspectiva de culpabilizar e de ver este problema numa perspectiva mais ampla. Estou desafiando os professores a pensarem comigo sobre a compreensão da complexidade desse problema, pois acredito que se a gente compreender teremos um melhor aval para lidar e para enfrentar as dificuldades”.

Também foi tema da Semana de Educação as práticas metodológicas aplicadas em sala de aula, como exemplo a palestra “Portfólios: uma nova proposta de avaliação na educação básica” ministrada por Palmira Piai .  “O objetivo das capacitações foi deixar a co-responsabilidade dos professores como agentes participativos na produção dos trabalhos das crianças. Assim, é dos educadores a responsabilidade de interagir e ver que um trabalho não é meramente um trabalho, mas a realização de toda uma metodologia, de todo um sistema de ensino e o objetivo final é educação de qualidade”, explica Palmira.

Além dos educadores, os motoristas e auxiliares de serviço contaram com uma programação especialmente desenvolvidas para eles. Para Eduardo Nahum, que palestrou para os motoristas, o processo educacional só funciona bem em conjunto: “Quando se fala de educação temos que entender que todos que estão envolvidos dentro da escola fazem educação. A educação não é feita apenas pelo professor, mas também pelo diretor, pelo coordenador, pelo motorista, pela cantineira e pela faxineira. Há a necessidade de um comprometimento, de uma participação maior e de despertar nessas pessoas e mostrar para elas que elas são extremamente importantes. Como no caso dos motoristas, se o aluno chega no horário ele vai ter aula, se chega atrasado ele vai perder a aula. Então ele tem que ter essa relação de comprometimento”.

Um dos temas voltados para os motoristas e auxiliares de serviço foi à saúde física e mental. O palestrante Maicon Albuquerque discursou sobre os mecanismos que podem contribuir para melhorar a saúde das mulheres: “Eu fiz duas coisas que são importantes, a primeira delas é mostrar informação. A importância que tem de cuidar da saúde, os indicadores de saúde, o que pode fazer para melhorar a saúde, como por exemplo, atividade física e a alimentação saudável. E posterior a isso fiz algumas recomendações sobre mudança de comportamento”. Já Patrícia Araújo Costa palestrou sobre os cuidados com a saúde mental: “Meu tema foi saúde mental, a importância da saúde psicológica para o equilíbrio e qualidade de vida”.   

Para os participantes as capacitações são a oportunidade de compartilhar experiências. A professora Marlene Aparecida Resende Tavares acredita que a Semana é motivadora e inspira o profissional a trabalhar cada vez melhor: “Os palestrantes que vem para trabalhar com a gente nos motivam a dar o nosso melhor nas salas de aula. Eu gosto da Semana da Educação pois é um período de  capacitação e um tempo de planejamento, para, assim, chegar na sala de aula e querer fazer o meu melhor. A conferência coloca todos no mesmo barco para podermos ter aquela sintonia e juntos pensar em harmonia o que é educação . Acho que traz a tona esse dever: eu sou responsável e preciso dar o meu melhor”.

A importância da Semana da Educação também foi lembrada pelos palestrantes: “A iniciativa da semana pedagógica é necessária e extremante válida. Acho que todo início de período letivo precisa ser precedido por esse ‘parar para pensar’, que dê condições de fazer um planejamento que realmente vá entrar em prática ao longo do ano”, comenta Júlio Furtado. Já Silvia Colello destaca a necessidade do evento ser realizado todos os anos: “Deve ter uma continuidade. O ideal que isto seja uma política de governo para que os professores permanecessem em constante diálogo e possam exercer seu trabalho de forma mais crítica, mais consciente e mais fundamentada. A Semana de Educação dá oportunidade para os profissionais refletirem, conhecerem outros pontos de vista e terem acesso a outras bibliografias”

Para Maicon Albuquerque poder participar da semana foi gratificante: “Estou super feliz de ter participado deste evento. Posso dizer que pela primeira vez eu vi um local que se preocupa não só com os professores, mas com toda a comunidade escolar e essa preocupação foi fantástica. Inclusive, vou levar essa experiência para o meu ambiente de trabalho. Foi muito engrandecedor para mim”.   

 

http://lagoadourada.mg.gov.br


Mais Notícias

(c) 2017 - Prefeitura Municipal de Lagoa Dourada
Endereço: Rua Dr. Abeilard Pereira, nº 299 Cep: 36.345-000 - Cidade: Lagoa Dourada / MG
Tel.: (32) 3363-1122 - Email: gabinete@lagoadourada.mg.gov.br

Versão: 2017.04.10
Alternar para Versão Mobile
Desenvolvido por: